Loading...

A performance no novo “normal”.

À medida que avançamos para um novo “normal”, torna-se necessário analisar o que há de novo. As novas formas de interação das equipas e as ferramentas necessárias para uma boa performance no modelo de trabalho híbrido.

Os desafios são grandes e as soluções devem estar à altura.

Numa pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, Ashley Whillans, Leslie Perlow e Aurora Turek estudaram as interações de uma equipa, durante a transição do ambiente presencial para o ambiente online.

Também analisaram as tecnologias utilizadas e como forma progressivamente adaptadas às novas necessidades.

Principais Conclusões

As conclusões, partilhadas num artigo científico, começaram por classificar as interações das equipas em 3 grandes grupos: tarefas, processos e sociais.

O estudo permitiu compreender como as dinâmicas relacionais se alteraram, quais as tecnologias utilizadas e como foram sendo ajustadas ao que foram vivendo.

As dificuldades.

As principais dificuldades relatadas pela equipa foram: perda de espontaneidade e informalidade, diminuição da informação partilhada, perda do aprender uns com os outros, difícil alinhamento da equipa, conseguir manter uma relação social – almoços, viagens, etc.

As melhorias.

As melhorias sentidas resultaram sobretudo dos ajustamentos feitos à experiência inicial e delas constam: uma clarificação da utilização adequada do tempo, contribuições mais interessantes porque havia mais tempo para refletir, maior foco nos conteúdos de trabalho e mais trabalho individual.

As adaptações.

O ajustamento das tecnologias foi uma das necessidades sentidas pela equipa para manter o seu nível de performance. Enquanto se verificou que algumas não serviam o propósito inicial e houve que abandoná-las, outras houve que se revelaram muito valiosas.

Também se constatou a necessidade de uma maior e melhor capacidade de comunicação, ao nível dos conteúdos e tarefas, e como forma de manter a coesão da equipa. Esta foi especialmente uma exigência de adaptação para os lideres.

A importância da comunicação.

A comunicação é a base de todo o trabalho de equipa e o líder deve ter ao seu alcance as melhores ferramentas para comunicar de forma adequada e eficaz com os colaboradores.

A diversidade da equipa é uma das suas maiores riquezas, diferentes formas de olhar e abordar as situações são uma vantagem competitiva na resolução de problemas mas um acréscimo na dificuldade de comunicação.

O desafio do lider.

O verdadeiro desafio do líder é saber comunicar com essa diversidade, para que isso aconteça, tem de conhecer as diferenças e especificidades de cada um e tratá-los de acordo com essa particularidade.

Profile matching performance.

Da nossa análise as conclusões do artigo concluímos que a performance no novo normal passa pela mudança de hábitos, rotinas, relacionamentos, procedimentos e tecnologias.

Para atingir este nível de performance torna-se essencial conhecer o perfil cognitivo de cada elemento da equipa. É isso que oferecemos aos líderes e às equipas, Profile Matching Performance – conhecer a forma particular de liderar, comunicar e motivar cada elemento para aumentar a performance da equipa.

Author

Posted by
Setembro 16th, 2021

Artigos recentes

Categorias

Contactos