Loading...

Profiling dos indivíduos

O profiling é um diagnóstico que nos dá a conhecer o que cada pessoa tem de especial e único. O que a diferencia de todas as outras pela forma como prefere:

perceber e assimilar dados;
tomar decisões;
resolver problemas;
relacionar-se com outras pessoas;
fazer escolhas de estudo ou profissão;

A partir da compreensão das preferências pessoais ficamos igualmente mais sensíveis às preferências dos outros.

Como somos todos diferentes, este entendimento torna mais fácil entender os outros. Ajuda a diminuir o conflito, melhorar a comunicação, fazer escolhas gratificantes e tomar decisões mais acertadas.

Como é obtido o perfil do indivíduo?

É verdadeiramente simples, através das respostas a um questionário.

Neste questionário não avaliamos competências.

Não há respostas certas nem erradas nem boas ou más pois o que pretendemos conhecer são as preferências de cada pessoa.

Apresentamos o perfil com uma análise individual contextualizada e com gráficos ilustrativos. O perfil de preferências também é referido como perfil cognitivo.

Porque é importante fazer o profiling dos indivíduos?

É importante porque permite tratar cada pessoa como ela gosta de ser tratada, em vez de tratar cada pessoa da forma que eu gosto de ser tratado.

Numa família, por exemplo, compreender as preferências de cada um leva a um melhor entendimento das escolhas individuais: nos estudos, na profissão, no estilo de vida e nas relações interpessoais.

Numa equipa, conhecer o perfil de preferências de cada elemento permite ajustar as funções à pessoa, comunicar, liderar e motivar de forma adequada a cada indivíduo.

Viver e trabalhar de acordo com o nosso perfil de preferências significa fazer tudo com uma maior entrega e um menor esforço. O inverso é como tentar escrever com a mão contrária!

Em que é utilizado o profiling dos indivíduos?

Na vida pessoal utilizamos o profiling na orientação vocacional e de carreira, na parentalidade e no desenvolvimento pessoal.

Nas organizações de ensino os professores e alunos usam o profiling como base para melhorar a performance das classes e o relacionamento interpessoal.

Nas organizações é utilizado na liderança, no ajustamento do indivíduo à função, na constituição e desenvolvimento das equipas, na gestão da mudança e no recrutamento e seleção.

O perfil individual é a maneira de dar a conhecer toda a riqueza cognitiva de uma equipa ou organização.

Existe um perfil ideal?

Não existem perfis certos ou errados ou um perfil ideal.

Mesmo quando temos uma preferência baixa numa determinada área, não significa exatamente ter falta de competências nessa área. Qualquer pessoa pode desenvolver competências em áreas fora das suas preferências.

Por outro lado, se desenvolvermos a capacidade de pensar whole brain thinking ficamos mais aptos a compreender, tolerar e valorizar aqueles que têm preferências cerebrais diferentes das nossas.

A maior riqueza disponível é a variedade de formas de pensar, olhar o mundo e resolver problemas. Mas isto só acontece porque cada um de nós tem o seu perfil, único e especial.

Author

Posted by
Junho 19th, 2021

Artigos recentes

Categorias

Contactos